O que acontece com o corpo se você deixar de beber álcool por 28 dias?

March 17, 2019

 

 

1ª SEMANA :

  • Parece que o apetite aumenta. De fato, as pessoas comem mais se beberem. E depois de uma rejeição completa do álcool, psicologicamente elas querem preencher o vazio que se formou. Como regra geral, com comida. Embora os alimentos possam ser substituídos com sucesso por sucos ou frutas.

  • Pode haver uma forte necessidade de coisas doces. O álcool, especialmente doce, pode aumentar a quantidade de açúcar no sangue. Ao mesmo tempo, afeta cada pessoa de maneiras diferentes. Em algumas, o nível de açúcar diminui. Já para os diabéticos, ingerir bebidas alcoólicas é especialmente perigoso.

  • É difícil dormir, principalmente para aqueles que estão acostumados a beber um copo antes de ir para a cama para se livrar da insônia. O álcool pode permitir que se adormeça antes, mas a qualidade do sono é afetada negativamente. Sem a dose usual de “pílulas para dormir”, será difícil adormecer na primeira vez, e o sonho em si será intermitente e não profundo. Pesadelos também podem aparecer.

  • Em alguns casos, começam as dores de cabeça, que são um marcador de alterações graves no corpo sob a influência de bebidas. Talvez o problema seja um distúrbio hepático, pressão alta ou falta de hormônios que aliviem a dor (quando uma pessoa bebe regularmente, o limiar de dor aumenta significativamente).

 

2ª SEMANA :

  • Recupera-se o fígado. Com doses regulares de álcool, as células do fígado morrem lentamente e formam-se cicatrizes. O órgão pode se recuperar, mas isso acontece muito lentamente. A dependência é direta: quanto menos uma pessoa beber, mais rápida será a regeneração.

  • A motivação adicional (pelo menos para as mulheres) será uma mudança na cor da pele. O álcool expande os vasos sanguíneos, o que afeta a circulação sanguínea, e isso leva à falta de oxigênio na pele. Como resultado, o álcool seca o epitélio, causa o aparecimento de manchas de idade e rugas precoces.

  •  Melhoram os processos digestivos. O álcool provoca uma maior produção de ácido clorídrico na composição do suco gástrico. Em outras palavras, o estômago “digere” lentamente. Por sinal, esta é a razão para o aumento do apetite ao consumir bebidas.

  • As pessoas que realizaram experimentos sobre o abandono do álcool disseram que na segunda semana é mais difícil evitar encontrar amigos quando há bebidas.

 

3ª SEMANA :

  • Na terceira semana, desaparecem os sintomas externos dos momentos divertidos: bolsas sob os olhos, hematomas e inchaço no rosto. Isso ocorre porque o fluido no corpo não fica mais estagnado e o sistema urino genital funciona bem novamente.

  • É mais fácil acordar de manhã. Uma pessoa, mesmo em estado de embriaguez leve, adormece muito rapidamente e entra imediatamente numa fase profunda, perdendo o estado de sonolência. Quando a concentração de álcool no sangue diminui, o sonho torna-se superficial e intermitente.
    A pessoa acorda com a sensação de que não descansou nada.

  • Devido à bebida, a salivação se deteriora, o que afeta, entre outras coisas, a condição dos dentes. Assim, sem álcool o risco de cáries é reduzido e o esmalte dentário fica mais forte.

  • O álcool adormece não só a dor, mas também os receptores de gosto e cheiro. Com o tempo,a capacidade de reconhecer as sutis nuances do paladar e do olfato retorna.

 

4ª SEMANA :

  • O peso corporal é reduzido significativamente. Os indicadores são individuais: em média, são 3-4 kg por mês. Quanto mais tempo uma pessoa tiver um estilo de vida absolutamente sóbrio, mais peso poderá perder.

  • O álcool aumenta a pressão arterial. Se isso acontecer com muita frequência, existe o risco de hipertensão. As pessoas que não bebem são menos propensas a sofrer desta doença. Além disso, o risco de doenças do sistema cardiovascular é reduzido e o pulso volta ao normal.

  • A pele do rosto e do corpo fica muito mais limpa. Acne e irritação desaparecem. Isto deve-se principalmente à restauração do equilíbrio de água no corpo e à normalização da circulação sanguínea. A tez é nivelada e os pontos de pigmento desaparecem gradualmente.

  • Uma pessoa pensa com clareza e trabalha de forma mais produtiva. Talvez o efeito do álcool no cérebro seja um dos menos visíveis. No entanto, os resultados das pesquisas sugerem o contrário: com o consumo sistemático de álcool, há uma ligeira inflamação do cérebro, dilatação dos vasos sanguíneos e morte maciça das células cerebrais devido à falta de oxigênio. Essas mudanças são muito lentas e, infelizmente, irreversíveis.

 

Se você costuma beber, mesmo que apenas socialmente, quer se propor um desafio semelhante e cuidar da sua saúde? Ou talvez você já seja um sóbrio fervoroso?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Diga Não ao Bullying

November 16, 2018

1/9
Please reload

Posts Recentes

November 16, 2018